30 de dezembro de 2015

O balanço de 2015

Eu adoro o "My Year in Books" do Goodreads e este ano foi assim... Gostaria apenas de acrescentar que eu reli, durante as minhas férias, The Covenant, que são mais 7 livros. E isso dá 50 livros, ao todo, lidos em 2015! Ora bem, são menos 4 que em 2014 mas acho que, mesmo assim, é um bom número, LoL.

E para acabar em beleza...


Este ano, recebi muitas coisas lindas mas no que toca a livros, o Pai Natal foi extremamente generoso! E vocês que prendinhas lindas receberam?

28 de dezembro de 2015

A bagagem


Em 2016 vai fazer quatro anos que estou no UK e, recentemente, um amigo meu perguntou-me o que é que eu simplesmente tive que trazer comigo... Fora as coisas práticas obviamente como roupa, calçado mas algo, mais não fosse simbólico das quais não me poderia separar.

Tive fazer mesmo um exercício de memória mas talvez a coisa mais importante tenha sido os meus cadernos. Mesmo que não pudesse ligar o computador, mesmo que não pudesse ligar para Portugal, pensei que iria precisar de desabafar, mais não fosse com os meus fieis cadernos.

E vocês? O que é que levariam com vocês ou o que é que não se poderiam separar de todo?

26 de dezembro de 2015

Boxing Day




Para nós Portugueses, o que é importante no Natal é o dia 24 à noite, claro que o almoço de dia 25 também o é mas de entre os dois, acho que podemos dizer que o que é importante é o dia 24.
Aqui no UK, o dia mais importante é dia 25 e só depois dia 26. Este último dia, é o chamado Boxing Day.

Que provém do século XVII e troca o passo, que significava tradicionalmente os lords ofereciam uma Christmas Box aos servos e lhes davam esse dia de folga para estarem com as suas famílias. Agora, no século XXI, está mais direccionada para uma "Black Friday" ao estilo inglês, comer os restos do Natal e ver os jogos do Boxing Day.  

Contudo, apesar de ser feriado aqui no UK, eu estarei a trabalhar... Mas não é necessariamente mau. Longe da tentação! Longe, longe, LoL.

24 de dezembro de 2015

Merry Christmas



Quem em segue há alguns anos, sabe que eu não gosto do Natal. Nunca gostei, não é de agora, não é trauma de emigrante como muita gente me diz... eu nunca gostei, só agora as pessoas é que dão importância por estar longe.

Não que esteja a dar uma de hispter, simplesmente não gosto e não há uma razão teológica de que o Natal se foi perdendo a tendências consumistas... Não, não é isso.

Contudo...

Mesmo que não gostem ou não festejem o Natal, aproveitem os momentos com as pessoas que vocês realmente amam... Nunca os tomem, esses momentos, como garantidos!

22 de dezembro de 2015

And now it's complete...



Agora que a minha do ombro está, finalmente, completa... amanhã regresso ao UK, mais não seja, revigorada!

20 de dezembro de 2015

We got business?


Como já mencionei aqui no Reino, eu sou mega fã de Sons of Anarchy e aconselho toda a gente a ver esta série que é brutal! E o que faz a série tão fixe, é definitivamente os actores...
Este, é o Charlie Hunnam, que é a personagem principal de SOA, que é badass dentro e fora dos ecrãs. O que eu não me ri com esta entrevista no Conan! LoL

18 de dezembro de 2015

Antevisão do Natal



Infelizmente este ano não vou passar o Natal em Portugal, nem a minha família tem a possibilidade de vir ao UK. Por isso este ano adiantamos o Natal por uns dias pois consegui agora umas folgas, para estar com a minha família e amigos.

16 de dezembro de 2015

When the Ritual begins...



My lover's got humour
She's the giggle at a funeral
Knows everybody's disapproval
I should've worshipped her sooner

If the heavens ever did speak
She's the last true mouthpiece
Every Sunday's getting more bleak
A fresh poison each week

"We were born sick," you heard them say it

My church offers no absolutes
She tells me, "Worship in the bedroom."
The only heaven I'll be sent to
Is when I'm alone with you

I was born sick
But I love it
Command me to be well
Amen. Amen. Amen.

Take me to church
I'll worship like a dog at the shrine of your lies
I'll tell you my sins and you can sharpen your knife
Offer me that deathless death
Good God, let me give you my life

If I'm a pagan of the good times
My lover's the sunlight
To keep the Goddess on my side
She demands a sacrifice

Drain the whole sea
Get something shiny
Something meaty for the main course
That's a fine-looking high horse
What you got in the stable?
We've a lot of starving faithful

That looks tasty
That looks plenty
This is hungry work

Take me to church
I'll worship like a dog at the shrine of your lies
I'll tell you my sins so you can sharpen your knife
Offer me my deathless death
Good God, let me give you my life

No Masters or Kings
When the Ritual begins
There is no sweeter innocence than our gentle sin

In the madness and soil of that sad earthly scene
Only then I am human
Only then I am clean
Amen. Amen. Amen.

Take me to church
I'll worship like a dog at the shrine of your lies
I'll tell you my sins and you can sharpen your knife
Offer me that deathless death
Good God, let me give you my life


Nota: quem em segue há algum tempo ou quem me conhece sabe que este não é de todo o meu estilo musical mas eu adoro a Ellie Goulding! Adoro a voz dela e adoro esta cover que ela fez da música Take Me To Church, que até prefiro à original.

14 de dezembro de 2015

The Illusionists


Durante o fim-de-semana, eu e o Mais-que-Tudo fomos ver um espectáculo que só vai estar em Londres por 7 semanas: The Illusionists.
Que é basicamente 7 ilusionistas, todos com especialidades diferentes num mega-espectáculo! E com cada actuação de vos deixar de queixo caído de surpresa e a roer as unhas de ansiedade... Foi simplesmente brutal!

12 de dezembro de 2015

Her Russian Protector series



“I can’t decide if that’s incredibly romantic or borderline stalker behavior.” 

Esta colecção de livros da autora Roxie Rivera, apareceu-me com algumas críticas positivas e vendo que era sobre o mundo da Máfia Russa, que é um tema que me interessa bastante, decidi ler.

Ok, tudo bem que são romances mas pensei que a autora nos ia fazer navegar por esse submundo e falar de alguns "segredos" ou de pelo menos como funciona. Ainda por cima, apesar de se passar nos EUA, as personagens vieram da Rússia já bem crescidas, então podia também incluir as diferenças culturais.
Tinha tudo para dar certo, não é? Pois... eu bem que li a pensar que ela ia desvendar, livro a livro mais pormenores. Portanto, li e fiquei a saber praticamente o mesmo...
Claramente, escolhi os livros errados. Contudo, por ser uma leitura bastante leve, foram os livros ideais enquanto o trabalho estava no auge e precisava de desanuviar a cabeça.

Por isso, aconselho os livros para isso mesmo, desanuviar a massa cinzenta numa narrativa fácil e com algumas surpresas mas não aconselho se estão interessados, como eu, no tema da Máfia Russa. Já agora, sabem de algum livro interessante sobre esta temática?

10 de dezembro de 2015

Chelsea vs. FC Porto


Ontem fomos em procissão a Stamford Bridge Stadium ver o Chelsea vs FC Porto... mas infelizmente não correu muito bem para o Porto e quase que não correu bem para nós pois estávamos no meio dos SuperDragões e eles não estavam muito contentes. 
Mas foi uma experiência interessante e até criámos amizade com os seguranças, LoL. Foi pena não termos ganho...

8 de dezembro de 2015

Ressaca de Comic Con




Para o pessoal que foi à Comic Con em Portugal, obrigadinha por me deixarem cheia de inveja. Mauzões...
Isto porque ainda tenho que esperar até Maio de 2016 pela próxima Comic Con aqui no UK! Eu até já tenho o próximo cosplay preparadíssimo, só me falta ocasião e ironicamente não incluiu a cabeleira prateada, LoL. Agora o que me questiono é se volto a fazer o cosplay de Lara Croft outra vez ou não... Hmmm, decisions, decisions

No entretanto, vou revendo os momentos fantásticos que foram as Comic Con's a que fui:


 Ai, Maio vem depressa!

6 de dezembro de 2015

I jiggle therefore I am


This Girl Can celebrates the women who are doing their thing no matter how they do it, how they look or even how sweaty they get. They’re here to inspire us to wiggle, jiggle, move and prove that judgement is a barrier that can be overcome.

Eu sei que esta publicidade já saiu há algum tempo mas não quero deixar isto desaparecer... Uma das razões pela qual abandonei, como eu lhe chamo, o "pretty gym", foi porque eu não me sentia à vontade ao pé de gajas que iam com toda uma full-face make-up aplicada, banhadas em perfume, com os outfits mais justos possíveis, nem uma gota de suor e a passear as garrafas de água enquanto piscavam o olho aos personal trainers

Ora bem, chamem-me louca mas eu se for ao ginásio é para ir suar que nem uma porca e efectivamente fazer exercício. Mas, na verdade, existe todo um complô, que as raparigas têm que estar sempre perfeitas, mesmo quando estão a fazer 1 hora de passadeira ou cardio. Não se pode ver nem uma gotinha de suor, o smokey eye tem que estar perfeito e a cheirar a rosas... Já para não falar que só as magras é que podem ir para o ginásio, o que é extremamente irónico, LoL.
No toca ao sexo masculino, é completamente ao contrário!

Só que também penso... será que este criticismo é de homens para mulheres ou de mulheres para mulheres? Nós tendemos a ser as mais críticas, muitas das vezes.
Que dizem meninas e meninos, que passeiam aqui pelo Reino, o que é que vocês acham?

4 de dezembro de 2015

Doc Martens: Persephone


Lembram-se da minha angústia das Doc Martens? Pois bem, a marca ouviu as minhas preces e fez umas assim a pensar em mim: Persephone
Simplesmente lindas, maravilhosas e já cá cantam! Sim, porque isto do Natal ser quando uma pessoa quiser não é só balelas e até porque eu sou muito apologista das auto-prendas, eheheheh.

2 de dezembro de 2015

Pubs



Claro que uma das coisas mais características aqui no UK, são os pubs. Mas há uma cadeia de pubs que é simplesmente fantástica!
J.D. Wetherspoon, é essa cadeia e porque é que é fantástica? Porque muitos destes pubs são monumentos restaurados e transformados num pub. Exemplo disso é o pub na minha cidade aqui no UK, que era uma casa de ópera, que foi restaurada e transformada num pub. 
Eu e o Mais-que-Tudo quando recebemos visitas, gostamos sempre de passar por lá porque é simplesmente maravilhoso o facto de tu estares a beber uma pint no palco de uma ópera. Lindo!

30 de novembro de 2015

Feel it come to life


All my life I've been searching for something
Something never comes never leads to nothing
Nothing satisfies but I'm getting close
Closer to the prize at the end of the rope
All night long I dream of the day
When it comes around then it's taken away
Leaves me with the feeling that I feel the most
Feel it come to life when I see your ghost

Come down don't you resist
You have such a delicate wrist
And if I give it a twist
Something to hold when I lose my grip
Will I find something in there
To give me just what I need?
Another reason to bleed
One by one hidden up my sleeve

Hey don't let it go to waste
I love it but I hate the taste
Weight keeping me down

Will I find a believer
Another one who believes
Another one to deceive
Over and over down on my knees
If I get any closer
And if you open up wide
And if you let me inside
On and on I've got nothing to hide

Hey don't let it go to waste
I love it but I hate the taste
Weight keeping me down 

All my life I've been searching for something
Something never comes never leads to nothing
Nothing satisfies but I'm getting close
Closer to the prize at the end of the rope
All night long I dream of the day
When it comes around, when it's taken away
Leaves me with the feeling that I feel the most
Feel it come to life when I see your ghost

And I'm done, done and I'm on to the next one 

Done, done, on to the next one
Done I'm done and I'm on to the next one

Hey don't let it go to waste
I love it but I hate the taste
Weight keeping me down

Done, done and on to the next one
Done, I'm done, and I'm
On to the next.


Nota: já mencionei que adoro Foo Fighters? LoL

28 de novembro de 2015

Lembram-se? Pois...



Lembra-se de eu dizer que depois do filme Magic Mike XXL, nunca mais vou conseguir ouvir Backstreet Boys da mesma forma? Pois... É devido a esta cena, LoL.

Nota: só para deixar o contexto, ele recebeu um desafio dos amigos (que estão a ver lá fora da loja de conveniência), para fazer a rapariga, da loja, sorrir.

Nota da nota: primeiro o Call on Me e agora isto, LoL. Aqui o Reino anda animado, anda!

26 de novembro de 2015

Uma coisa tão simples como o café


Uma das coisas, como tuga, que vais ter que abdicar um pouco, no reino dos camónes, é.. café decente! Se conseguires isso, podes então emigrar para o UK, LoL. Em primeiro lugar, em vez de pagares no máximo 80 cêntimos por um cafézinho (single expresso), vais passar a arrotar quase 1 libra e meia, LoL.
Existem 3 grandes cadeias no UK: o tão famoso Starbucks (que só entro para comprar garrafas de água), o café Nero (que até nem é mau de todo) e o Costa (o meu favorito para todo o tipo de bebidas e snacks).

Como qualquer bom tuga, tentei descobrir o melhor café para ao menos ir matando saudades e tenho a dizer que o que eu mais gostei foi o café do Costa.

Nota: a não ser que façam como pessoal que conheço que trouxeram as máquinas de Portugal nas malas e agora têm um verdadeiro armazenamento de café Nicola na despensa. 

24 de novembro de 2015

Fever series: Darkfever


"But I'm getting ahead of myself, ahead of the story. It began as most things begin. Not on a dark and stormy night. Not foreshadowed by omnious here-comes-the-villain music, dire warnings at the bottom of a teacup, or dread portents in the sky. It began small and innocuously, as most catastrophes do. A butterfly flaps its wings somewhere and the wind changes, and a warm front hits a cold front off the coast of western Africa and before you know it you've got a hurricane closing in."

Esta colecção da autora Karen Marie Moning, foi-me aconselhada pela Briana mas infelizmente não passei do primeiro livro. Não necessariamente porque o livro é mau ou que a história não é interessante mas simplesmente não me prendeu...
O livro é sobre uma rapariga dos EUA que devido ao assassinato da irmã, viaja para a Irlanda em busca de respostas, acabando por ter ainda mais perguntas e descobrindo um submundo: the realm of the Fae.

Mas o melhor mesmo é deixar a review da Briana: "Fever Series de Karen Marie Moning é sobre o mundo fae existente em todo o mundo, mas principalmente na Irlanda recentemente descoberto por Mac, uma rapariga americana que vai para a Irlanda para tentar descobrir quem é o assassino da irmã. Quando chega à Irlanda apercebe-se quem nem tudo é o que parece, e que a sua vida normal irá mudar radicalmente. Eu ando a ler neste momento o Burned, o oitavo livro da serie. À medida que se vai lendo vai-se descobrindo cada vez mais coisas em relação à suposta vida de Mac e ao mundo fae, e claro sobre outras personagens incrivelmente interessantes que vão aparecendo. Na minha opinião é uma serie cativante, com mistério, que nos prende ao livro a querer saber o que se vai passar a seguir."

22 de novembro de 2015

Qual marketing qual quê!


Há toda uma história de quando este mítico videoclip saiu e começou a passar a toda a hora na televisão... Ora bem, numa loja de electrodomésticos multinacional, em que a entrada para a loja era toda envidraçada e no fundo da loja, estava uma parede coberta das mais diversas televisões. Este videoclip, passava, consecutivamente, em toda a santa da televisão naquela loja. 

Claro que tudo que fosse macho, parava ao passar pela loja ou mesmo lá dentro, quais burros a olhar para um palácio, a ver o vídeo. Contudo, se fossem com as respectivas (mulheres, namoradas, etc) e elas perguntassem "O que estás a ver?"... Era compra na certa! "Querida, estava aqui a pensar que estamos a precisar de uma televisão nova." LoL, balelas!

A venda de electrodomésticos aumentou bastante, LoL... Qual marketing qual quê, meus senhores.

20 de novembro de 2015

Natural History Museum


Num dia destes, eu e o Mais-que-Tudo, fomos finalmente ao Natural History Museum. Digo "finalmente" porque já lhe andava a chatear a mioleira para ir lá comigo porque é simplesmente lindíssimo e espectacular!

Tem uma ala só sobre dinossauros, não preciso de dizer mais nada, LoL.

18 de novembro de 2015

Reading Challenge: done!


Afinal não demorei assim tanto tempo a completar o 2015 Reading Challenge... mas mesmo assim não tenho lido tanto como gostaria.

Nota: por acaso já tinha completado há algum tempo mas só agora é que me lembrei de colocar aqui, LoL.

16 de novembro de 2015

Who am I?



Uma das partes da Psicologia, que eu simplesmente adorava era a "personalidade", a sua formação, tudo o que a constitui e todas as suas teorias. E, por isso mesmo, tenho a apresentar-vos o teste de personalidade, da 16Personalities, que tem em consideração vários artigos e autores consagrados. 

Está de fato extremamente bem feito e demora menos de 10 minutos a preencher. Se estiverem interessados em fazer o vosso, basta irem AQUI. A minha personalidade é "Mediador" e a vossa?

I am Human. Everything about you is amazing. You have a great memory, an astonishing ability to learn and your way with words is matchless. The study of human genes and human brains reveals what makes you special. You have so much in common with everyone else, but because your brain is shaped by your experience of life, you are also unique.

14 de novembro de 2015

The London Bridge Experience & Tombs


Durante esta semana fui com uma amiga minha à The London Bridge Experience and Tombs e foi muito engraçado, LoL. Começa com uma pequena introdução a explicar o que significam as masmorras e catacumbas por onde vamos andar, além das pontes, claro.
Claro que tendo em conta que isto é uma atracção turística mainstream, não poderia ser assim um terror de esvaziar a bexiga pelas pernas abaixo (como se fosse das pernas para cima, LoL), contudo houve ali alguns momentos que até eu dei um salto ou fiquei assim sem saber o que fazer.

Um deles foi uma masmorra com berços de crianças, bonecas por todos os lados e uma nursery rhyme a dar no background. Yah, creepy... Outro foi um quarto todo psicadélico, que se mexia todo, e se olhássemos em frente, em vez de olharmos para o chão, parecia que íamos cair, LoL. Uma ilusão de óptica espectacular!
Além disso, o normal... membros por todo o lado, sangue a decorar as masmorras, pessoal a saltar para cima de ti, tripas no chão, monstros a sair dos cantos, aranhas gigantes, passagens claustrofóbicas.

Apesar disto tudo, se calhar por poucas coisas nos assustarem, é que ficámos assim um bocadinho desiludidas e com vontade de mais. Chegámos ao final e ficámos: é só isto?
Mas pronto, até foi interessante porque aprendemos as histórias das catacumbas, ou seja, da cidade por debaixo da cidade! Aconselho a quem for facilmente impressionável, contudo não convém se tiverem problemas de coração e/ou claustrofobia. É melhor nem tentarem, LoL.

12 de novembro de 2015

And it tortures slow...


How did it feel when it came alive and took you?
Out of the black
It broke your skin and shook through
Every part of me, every part of you

You made a fool out of me
And took the skin off my back running
So don’t breathe when I talk
Cos you haven’t been spoken to
I’ve got a gun for a mouth and a bullet with your name on it
But a trigger for a heart beating blood from an empty pocket

I never knew why
And you didn’t care when
It closed every door
And washed away no sin

And I promised you
Like you promised me
But those vows we made
Fucked it up for free

You made a fool out of me
And took the skin off my back running
So don’t breathe when I talk
Cos you haven’t been spoken to
I’ve got a gun for a mouth and a bullet with your name on it
But a trigger for a heart bleeding blood from an empty pocket

You made a fool out of me
And took the skin off my back running
So don’t breathe when I talk
Cos you haven’t been spoken to
I’ve got a gun for a mouth and a bullet with your name on it
But a trigger for a heart bleeding blood from an empty pocket

And it tortures slow
Never let’s you go
Deals a crooked hand 

Nota: só descobri Royal Blood, quando vim para o UK, por acaso... mas ainda não os consegui ver ao vivo infelizmente. Dizem que é alto espectáculo! E vocês, já conheciam?

10 de novembro de 2015

Hot spiced apple tea


Coisa mais maravilhosa de ser outono ou inverno é mesmo uma das minhas bebidas preferidas voltar: hot spiced apple tea. Se tenho coisas a fazer e quero comprar uma bebida quente, vou logo direita ao Costa! Não precisa de açúcar (e eu adoro meter açúcar como se não houvesse amanhã, só para terem noção do quão docinho é) e é capaz de durar o dia todo.
Já experimentaram?

8 de novembro de 2015

SOA


Por acaso, nunca mencionei aqui no Reino mas sempre que me perguntam por séries fixes para ver, Sons of Anarchy é logo uma das primeiras que menciono.

Por acaso, o Mais-que-Tudo começou a ver esta série quando a primeira temporada já tinha acabado e perguntou-me se queria ver também. Ao qual eu digo: ver uma série de um motorclub? Nem pensar, isso não é para mim!
Mas o que é certo é que enquanto o Mais-que-Tudo estava a ver episódios eu ficava colada ao ecrã, tornando-me numa daquelas pessoas irritantes que pergunta tudo: Então mas ele está a fazer aquilo porquê? Quem é este? Estes são amigos ou inimigos?
Ao ponto de que tive que começar a ver a série desde o início, LoL. Ficando, juntamente com o Mais-que-Tudo, completamente viciada! E para aqueles que já viram esta série, também vos aconteceu que, um pouco de vocês morreu ali na 5ª temporada?

Esta série tem 7 temporadas e já teve um fim... Por isso, se querem ver uma série viciante mas sem ter que esperar por episódios, aconselho vivamente!

6 de novembro de 2015

Uglies series: Uglies


"It's not the traveling that takes courage, Tally. I've done much longer trips on my own. It's leaving home."

Aconselharam-me esta saga do Scott Westerfeld, infelizmente não vou passar do primeiro livro, Uglies. Tenho tido um bocado de azar por acaso, ultimamente com as sagas/trilogias, LoL.

Estes livros são uma distopia, do género The Hunger Games mas muito mais antigo. As pessoas nascem feias e depois são submetidas a uma cirurgia para se tornarem perfeitas, com um senão... Contudo, nada me prendeu no que toca a estes livros.

Já alguém leu estes livros ou já os conhecia?

4 de novembro de 2015

The most British thing


Acho que a coisa mais British que fiz (além de ir ao pub depois do trabalho, of course), foi mesmo participar num Afternoon Tea. Porque como já mencionei antes, para os camónes o chá, é todo um ritual e toda uma ciência, LoL.

Então, um Afternoon Tea, consiste em toda uma refeição em que consiste escolher um chá de um menu com toda uma variedade, que vem acompanhado de finger-sandwiches, salgadinhos, scones e miniaturas de bolos.

Só falta mesmo o mindinho no ar, LoL.

2 de novembro de 2015

Ler... é sonhar pela mão de outrem!


Como já devem ter percebido pelas Crónicas de uma Leitora Compulsiva, eu gosto mesmo muito de ler. Mas como tudo, todos os leitores são diferentes. Por exemplo, eu aprendi a amar o kindle e nem nunca li tanto como desde que o comprei.

Adoro o povo que diz que não devia ler no kindle, que devia era ler livros físicos, bla bla bla. Pessoal, cada um lê como gosta! Há quem goste de ler no telemóvel/tablet, no kindle, no computador ou livros físicos... mas independentemente de como se lê, eu acho que o que importa é que se leia!

Ler é tão bom....

30 de outubro de 2015

Discovering: Cabo Verde


Portanto, (apesar de alguns já saberem por meios de batotice) na semana passada, eu e o Mais-que-Tudo fomos a Cabo Verde. Mais especificamente a ilha Sal e tenho a dizer-vos que foi exactamente o que estávamos mesmo a precisar: fugir para um paraíso e relaxar!

Claro que além do descanso aproveitámos para conhecer a ilha, que tem sítios lindíssimos mas uma das coisas que nós adorámos fazer foi nadar nas salinas ao pé do vulcão. Foi simplesmente brutal!

Mas o que eu gostava mesmo é de vos contar uma certa determinada situação, que aconteceu quando tínhamos acabado de chegar a Cabo Verde e decidimos dar a primeira voltinha obrigatória na praia. No meio de tirar fotos à praia lindíssima, com o simples propósito de esfregar na cara do pessoal que está a trabalhar... dirige-se um nativo (com uma tez de pele bastante escura), muito amigavelmente, ao Mais-que-Tudo.

Ele: Olá! São Portugueses?
Mais-que-Tudo: Sim. Somos.  (Por acaso estavam bastantes no nosso hotel) 
Ele: Porto ou Lisboa?
Mais-que-Tudo: Mais perto do Porto.
Ele: Ah boa... então e vão ficar por aqui muito tempo?
Mais-que-Tudo: Uma semanita.
Ele (com um ar muito indignado e a apontar para ele próprio): Aaaah mas numa semana Português não fica preto!
Mais-que-Tudo (responde muito rapidamente e a apontar para a minha pessoa, feito estúpido): Ah! Eu não... mas ela sim!

Depois, riem-se juntos, que nem amigos de longa data... Eu a ser praxada e eu a ver!

28 de outubro de 2015

If These Trees Could Talk


Dentro do mesmo género que Russian Circles... Como já mencionei antes, simplesmente adoro este álbum de If These Trees Could Talk e esta música em especial!


P.S. - curtia saber quem dá os nomes às músicas nesta banda, porque é com cada um, LoL.

26 de outubro de 2015

De baterias carregadas...


...aqui vamos nós de volta para o UK!

Onde acham que fomos estender ao sol nestas férias, hein? LoL.

22 de outubro de 2015

Study series


"But you've slipped under my skin, invaded my blood and seized my heart." 
"That sounds more like a poison than a person," was all I could say. - Poison Study 
  
"Living is a risk", I snapped at him. "Every decision, every interaction, every step, every time you get out of bed in the morning you take a risk. To survive is to know you're taking that risk and to not get out of bed clutching illusions of safety." - Magic Study 
"Valek isn't here." 
"She could be lying," one of the men said. "How do we know for sure?" 
"That's easy," I said. "Put two fingers on your neck, here," I demonstrated with my left hand while my right palmed a dart. "Can you feel your pulse? That means Valek isn't here, because if he was, you'd be dead. No pulse." - Ice Study

Ora bem, eu andava com bastante azar relativamente a sagas novas mas esta série de livros da autora Maria Snyder, foi uma boa lufada de ar fresco.
Uma personagem principal forte, um país dividido ao meio, política, magia, conspiração, venenos e muito mais à mistura!
Acho que a única coisa negativa que tenho a dizer é que a autora acho que se "esqueceu" de descrever certas interacções entre personagens. Como se tornaram amigos, amantes e afins... Ou é aos tropeções ou tu simplesmente tens que adivinhar, LoL.

Fora isso, esta saga está bastante boa e podem até nem ler as novelas mas ver o que as outras personagens estão a fazer ou como elas evoluíram é bastante interessante!

16 de outubro de 2015

IELTS @ NMC



Recentemente, saiu ao conhecimento público a notícia que o NMC (a Ordem dos Enfermeiros do UK) aprovou novas regras para o registo de Enfermeiros da UE. Isto é, para uma pessoa que se vá registar pela primeira vez no NMC, significa que a partir de Janeiro de 2016 será necessário que faça o IELTS (International English Language Testing System, basicamente um teste de inglês com 4 vertentes: listening, speaking, reading e writing).

Por isso, além de toda a documentação anteriormente pedida (que podem sempre ver no "Comigo foi assim...UK"), em específico, os candidatos Portugueses têm que enviar também um comprovativo de aprovação no IELTS. 

Daí, de momento, até estar a enviar esta notícia a todos os meus colegas que estavam no processo ou até apenas a pensar em emigrar para o UK, a fazer a inscrição antes de 2016. Pois além do dinheiro que implica a documentação oficial, a sua tradução e certificação, o pessoal vai ter que contar a despesa adicional de aproximadamente 250 euros, que é o IELTS.

Pessoalmente, acho que esta medida é uma maneira de acalmar o pessoal que reclama que muitos profissionais de saúde são estrangeiros e que alguns deles mal sabem falar inglês (sim, é possível isso acontecer), filtrando assim o pessoal que se inscreve no NMC para trabalhar como Enfermeiro. Contudo, politicamente correctos que são os camónes, eles incluíram o pessoal dos EUA, Canadá, Austrália e afins, nesta nova regra, que é para não deixarem ninguém de fora e promover a igualdade.

14 de outubro de 2015

I'm still alive


Son she said 
Have I got a little story for you 
What you thought was your daddy
Was nothin' but a... 

While you were sitting 
Home alone at age thirteen 
Your real daddy was dyin' 
Sorry you didn't see him 
But I'm glad we talked, 

Oh I, oh, I'm still alive
Hey, I, oh, I'm still alive 
Hey I, oh, I'm still alive, well... 

Oh she walks slowly 
Across a young man's room 
She said I'm ready, for you 
I can't remember anything 
To this very day 
'Cept the look, yeah the look
Oh, you know where
Now I can't see, 

I just stare 
I, I, I'm still alive 
Yeah, I, oh, I'm still alive
Yeah, I, oh, I'm still alive
Yeah, I, oh, I'm still alive

I'm still alive
Yeah, yeah, yeah
Oh, oh yeah

Is something wrong she said 
Of course there is 
You're still alive she said 
Oh do I deserve to be?
Is that the question? 
And if so, if so
Who answers, who answers? 

I, oh, I'm still alive 
Yeah, I, oh, I'm still alive
Yeah, I, oh, I'm still alive
Yeah, I, I'm still alive, yeah 


Nota: um verdadeiro clássico dos Pearl Jam!

12 de outubro de 2015

Doctor's Strike


Ora bem vou falar em algo que está a ter imensa polémica no UK. A greve dos médicos! Sim, vocês leram bem à primeira... os médicos no UK estão a fazer greve.

Será difícil explicar em poucas palavras mas, para vos situar e resumindo bastante, digo apenas que o NHS funciona de maneira diferente, principalmente no que toca aos médicos. E a razão desta greve deve-se em maioria ao facto de o governo estar considerar a cortar 20 a 30% do ordenado deles... Pois querem cortar aos fins-de-semana, noites e oncalls. Então obviamente, eles mobilizaram-se e organizaram uma greve de médicos. 

Diga-se de passagem que desde que estou no UK (que já vai fazer 4 anos para o ano) as únicas greves que vi, anunciadas, foram as do Tube, de resto nunca vi greves neste país. Mas, na verdade, quando saiu nas notícias que esta medida ia ser lançada, eu era a primeira a dizer aos meus colegas médicos: Façam greve! Oponham-se! Revoltem-se!
O meus colegas enfermeiros, ao final de algum tempo me perguntaram porque estava tão empenhada na luta deles... A resposta é simples. Se num país em que nos cortes na saúde, os primeiros afectados são os médicos, quem é que vocês acham que vão ser os próximos a ser afectados? Os enfermeiros, claro.

Já por si fiquei admirada por não terem sido os enfermeiros os primeiros na linha do fogo... por isso há que incentivar o pessoal!

10 de outubro de 2015

Reler ou não reler, eis a questão


Tive há tempos uma conversa com o Quimera sobre livros... que por acaso se extrapolou para um debate com outros amigos meus, que são bookaholics.

Ora portanto, para o pessoal que gosta de ler, aqui vai: vocês gostam de ler livros repetidos? Ou seja, vocês gostam de voltar a ler livros que já leram no passado ou até mesmo recentemente?

Eu, pessoalmente, como já mencionei aqui no Reino, ter comprado o kindle foi simplesmente a melhor coisinha que me podia ter acontecido. Pois tenho uma verdadeira livraria sempre comigo e assim acabo por comprar em livros físicos (sim, porque como qualquer outro bookaholic que se preze eu também adoro livros físicos) os que gosto tanto mas tanto, que vou quero lê-los outra vez. Denominei isso como o "filtramento do kindle", LoL.
Porque eu quando adoro um livro, quero voltar a ler, notar novos pormenores ou simplesmente voltar a visitar lugares que me adorei perder!

Para mim, reler um livro é reencontrar amigos e lugares. O Quimera diz que não, que a vida é demasiado curta para reler livros. E vocês, gostam de reler livros ou não?

8 de outubro de 2015

TMS: Team Estrela



Ora bem... eu muito sinceramente nem sei por onde começar sobre The Major Series! Talvez pela parte em que na primeira colina eu abafei, apercebendo-me assim que se calhar está na altura de fazer algum exercício em condições, LoL. Mas adorei os obstáculos! Poços de lama, rios gelados e eu sei lá que mais...
Tenho todo um novo respeito pelo exército porque a este percurso é feito pelos militares também. Aliás há vídeos de "exemplo de como deves fazer o obstáculos" e num desses obstáculos o militar demora 18 segundos a chegar ao fim, quando nós demoramos, com sorte, 10 minutos, LoL.
Não foi fácil contudo foi imensamente divertido e para o ano estamos lá outra vez! (Mas dessa vez vai haver toda uma preparação de cardio, LoL)

Agora com licença, enquanto que vou espalhar Voltaren pelo corpo todo...

6 de outubro de 2015

This Man series: This Man


"No can do", I say dismissively. "I'm super busy."
Doing sweet fuck all! 
Era para ler a trilogia This Man, da autora Jodi Ellen Malpas, toda mas mal consegui acabar o primeiro livro quanto mais ler os outros dois!
Ora bem, este livro é dentro do género do FSoG, o que por mim estava tudo bem e há que dar o benefício da dúvida, só que achei as personagens muito sem sal e superficiais. Já para não falar de que achei que o livro mal tinha história...

4 de outubro de 2015

The Major Series


Ontem fui eu e mais uns quantos marmanjos fazer o The Major Series... só mesmo maluquinhos é que aceitam fazer destas coisas, ninguém no seu perfeito juízo concorda em ficar naquele estado, LoL.

2 de outubro de 2015

Obrigatório?


Há uns dias o Mais-que-Tudo só se ria com uma proposta de emprego para um Enfermeiro, que viu no site Net Empregos ... Vamos então nos debruçar sobre isto.

Perfil do(a) Candidato(a): 
  • Licenciatura em enfermagem;

Ora pois, tem lógica. Se a proposta de emprego é para um Enfermeiro, convém ter o curso... porque isto sabe lá a cambada de loucos que há por aí que querem receber igual ou menos a uma empregada doméstica, prestando serviços de saúde.

  • Bom relacionamento interpessoal; 

Convém, não é?

  • Boa apresentação; 

Tá certo. Nada de parecer um zombie ou um terrorista.

  • Idade compreendida entre os 23 e os 40 anos; 

Ok... São preferências.

  • Dinâmico(a) e proativo(a);

E não gostávamos todos de ser assim?

  • Esquerdino(a), fator obrigatório.

Hein?! O que é que eu acabei de ler mesmo? E juro que não estou a inventar, isto estava mesmo na proposta de emprego, LoL!

30 de setembro de 2015

Wake up and face me



Dead as dead can be
The doctor tells me
But I just can't believe him
Ever the optimistic one
I'm sure of your ability
To become my perfect enemy

Wake up and face me
Don't play dead 'cause maybe
Someday, I'll walk away and say
You disappoint me
Maybe you're better off this way

Leanin' over you here
Cold and catatonic
I catch a brief reflection
Of what you could and might have been
It's your right and your ability
To become my perfect enemy

Wake up and face me
(Why can't you?)
(Come on now)
Don't play dead 'cause maybe
(Don't play dead)
('Cause maybe)
Someday I'll walk away and say
(Someday I'll)
You disappoint me
Maybe you're better off this way

Maybe you're better off this way
You're better off this
You're better off this
Maybe you're better off

Wake up and face me
(Why can't you?)
(Come on now)
Don't play dead 'cause maybe
(Don't play dead)
('Cause maybe)
Someday I'll walk away and say
(Someday I'll)
You fuckin' disappoint me
Maybe you're better off this way

Go ahead and play dead
I know that you can hear this
Go ahead and play dead
Why can't you turn and face me?

You fuckin' disappoint me

Passive, aggressive bullshit

Nota: A Perfect Circle a banda que tem músicas para cada estado de espírito... e de momento este é o meu.

28 de setembro de 2015

A felicidade de uns...


Sabemos que estamos a ficar muito domésticas, quando ficamos super contentes por comprar um ferro de engomar com caldeira, LoL.

26 de setembro de 2015

O nosso querido DragonBall


Ora bem, não sei se sabem mas criaram um novo Dragon Ball... E não sei se vocês se lembram da febre que foi este anime mas o país chegava, simplesmente, a parar para ver um novo episódio!


Por acaso, não estou a seguir a nova série porque acho que não tem o mesmo encanto... pois o que tinha mesmo piada era a dobragem para português e as piadas que eles metiam lá pelo meio, LoL. Ainda se lembram?

24 de setembro de 2015

Ashes



Não sei muito bem o que pensar disto... Deixou-me completamente embasbacada quando vi isto na minha newsfeed no Facebook.

Para explicar um bocadinho, é basicamente um serviço, que quando alguém é cremado, pegam num pouco das cinzas e colocam em vidro/cristal, que depois incorporam em joalharia. Como por exemplo, um anel como o da fotografia...

Sinceramente não sei o que pensar sobre isto... O que é que vocês pensam?

22 de setembro de 2015

Stage Dive series: Lead & Deep



"You can't affect what people think, Lena. They wanna think the worst, they will. I'm not wasting energy trying to make everyone happy. I have enough on my hands just keeping my own shit together." - Lead 
"People with low self-esteem fear love. (...) They doubt another person's ability to appreciate them, because they don't see the worth in themselves." - Deep

Aqui estão os últimos livros da saga Stage Dive da autora Kylie Scott. Como já tinha mencionado, eu não dava nada por esta saga mas a verdade é que quando leio a escrita desta autora, deixa-me sempre às gargalhadas.
Destes dois livros, o meu preferido foi o Lead porque achei o Deep muito previsível desde início. Mas a história passasse no mesmo meio, uma banda de rock e tudo o que isso implica... 

20 de setembro de 2015

Imperial War Museum


Quando os turistas estiveram cá, eles pediram-me para visitar um museu. E então escolhi o IWM pois sabia que o tema os interessava... Este museu tem 5 andares, tudo dedicado às Grandes Guerras Mundiais. 
O primeiro andar é dedicado à Primeira Guerra Mundial, o segundo e terceiro andar é sobre a Segunda Guerra Mundial e, para finalizar, o quarto e quinto andar é puramente dedicado ao Holocausto.

Achei simplesmente fantástico!

18 de setembro de 2015

The soundtrack of your life



Há músicas que sentimos que fazem parte da banda sonora da nossa vida e, para mim, a última que mencionei (Bohemian like you) é uma delas... Simplesmente porque me faz lembrar de momentos fantásticos que tive, com pessoas que já não vejo todos os dias ou que nunca mais irei ver.


E vocês? Que músicas acham que fazem parte da vossa banda sonora?


16 de setembro de 2015

De volta da Bila...


Bem, as férias na Bila foram um pouco perturbadas por uma valente amigdalite mas ainda deu para estar com toda a gente e aproveitar um pouquinho.

14 de setembro de 2015

Bohemian like you



You got a great car
Yeah, what's wrong with it today?
I used to have one too,
Maybe I'll come and have a look.
I really love
your hairdo, yeah
I'm glad you like mine too,
See what looking pretty cool will get ya?

So, what do you do?
Oh yeah, I wait tables too.
No, I haven't heard your band,
'Cause you guys are pretty new.
But if you dig on vegan food
Well come over to my work
I'll have them cook you
Something that you'll really love.

'cause I like you
yeah I like you
and I'm feeling so bohemian like you
Yeah I like you yeah I like you.
And I feel whoa ho woo

Wait
Whose that guy
Just hanging at your pad
He's looking kinda bummed
Yeah, you broke up, thats too bad.
I guess it's fair if he always pays the rent
And he doesn't get bent
about sleeping on the couch when I'm there.

'Cause I like you
yeah I like you
And I'm feeling so bohemian like you
Yeah I like you
Yeah I like you
And I feel whoa ho woo!

I'm getting wise and
I'm feeling so bohemian like you
It's you that I want, so please
Just a casual, casual easy thing
Is it?
it is for me
And I like you yeah I like you
and I like you I like you I like you
I like you I like you I like you
I like you and I feel
Whoa ho woo!


Nota: simplesmente, adoro esta música dos The Dandy Warhols!

8 de setembro de 2015

TAG - Certified Bookaholic


Juntamente com os bloggers do Words à la Carte e do As Cenas do Tio, criamos uma TAG para todos os Certified Bookaholics. Vocês sabem como estas coisas funcionam, copiem as perguntas e depois de responderem com todo o amor e carinho, estejam à vontade para partilharem!
  1. O primeiro livro/colecção que te vem à cabeça 
  2. Um livro que dizes a todos para não ler 
  3. O livro mais caro e o livro mais barato que tens (oferecidos não contam) 
  4. Conto de fadas favorito 
  5. Top 3 das tuas personagens favoritas (sejam principais ou não) 
  6. Top 3 das personagens que menos gostaste (sejam principais ou não) 
  7. Top 3 de lugares que existem só em livros que gostarias de visitar 
  8. Uma personagem que trarias à vida real 
  9. Um livro que te fez feliz 
  10. Um livro que te fez chorar 
  11. Um livro que te fez pensar 
  12. Um livro que te fez rir 
  13. Pior adaptação cinematográfica de um livro 
  14. Livro(s) que vais ter que reler 
  15. Um livro que te vez voltar uma página atrás devido ao choque 
  16. Um livro que aches que esteja incompleto 
  17. Um livro com um final inesperado 
  18. Um livro que terminou num cliffhanger 
  19. Um livro com um final de arrancar cabelos 
  20. Uma citação importante 
  21. Uma música perfeita para ler 
   The End


Ora bem, isto de fazer os desafios é tudo muito bonito mas para responder é que são elas. Aqui vai disto e espero que gostem:

1. O primeiro livro/colecção que te vem à cabeça 
Logo assim os primeiros livros que me vêm à cabeça (e eu sei que vai haver pessoal a revirar os olhos porque estou sempre a falar neles) são os livros da colecção The Covenant. Porque é que não falo de, por exemplo, Harry Potter que me marcou imenso? Porque eu acho que esta colecção precisa de ser divulgada (principalmente em Portugal, porque, a meu conhecimento, no UK, na Alemanha e na Itália já há legião de fãs), tal como quando lia H.P. aconselhava a toda a gente a ler. Para mim, é uma das minhas colecções favoritas e estou com imensa vontade de a reler!

2. Um livro que dizes a todos para não ler
Acho que tenho que aconselhar o Fifty Shades of Grey, não pelo género em si mas simplesmente pelo facto de que não está bem escrito e mal tem história. 

3. O livro mais caro e o livro mais barato que tens (oferecidos não contam)
Por acaso, isto de ler em inglês e depois adicionando ao facto de ter Kindle, baixou muito mas mesmo muito o preço dos livros. Contudo, acho que os livros mais caros, foram mesmo os 7 livros de Game of Thrones (falo no plural porque os comprei em box set).
O livro mais barato vou ter que deixar em aberto porque como disse, o facto de ter Kindle baixou o preço dos livros e o que a Amazon faz imensas vezes, é colocar o primeiro livro, de uma colecção, de graça. Sim vocês leram bem, a custo zero! 

4. Conto de fadas favorito
Sempre gosto muito da história de A menina dos fósforos.

5. Top 3 das tuas personagens favoritas (sejam principais ou não) 
Ora bem, isto não é fácil de responder...mas ficam então: Minerva McGonagall (Harry Potter), Alexandria Andros (The Covenant) e Katniss Everdeen (The Hunger Games).

6. Top 3 das personagens que menos gostaste (sejam principais ou não) 
Eu assumi esta pergunta como "personagens que apetece-me é dar-lhes uma lambada nas trombas" e portanto, ficam: Ava O’Shea (This Man), Lucinda Price (Fallen) e Chloe Saunders (Darkest Powers).

7. Top 3 de lugares que existem só em livros que gostarias de visitar 
Assim de rajada, Hogwarts (Harry Potter), claro! Mas também, a Floresta Du Weldenvarden (Inheritance Cycle) e gostava ainda de visitar todos os Covenants (The Covenant).

8. Uma personagem que trarias à vida real 
Estou indecisa! Não consigo muito bem escolher, porque gosto da Hedwig (Harry Potter) mas também gosto da Saphira Bjartskular (Inheritance Cycle).

9. Um livro que te fez feliz
Respondi a todo o desafio e deixei esta para último porque simplesmente não consigo apontar um livro em específico. Porque os livros que li transmitiram-me vários sentimentos, é por isso que eu gosto de os ler e os considero bons livros... Então eu mencionei ao pessoal com quem criei o TAG, que estava a ter imensa dificuldade em responder a esta pergunta. Ao qual o Tio diz: "coloca um dos primeiros livros que leste, pois foram esses que te mostraram a felicidade de ler". Qual Yoda, qual quê!
Era mesmo isto... Então depois comecei a pensar que os primeiros livros que li que me lançaram, a sério, para o mundo da leitura foram os livros "Uma Aventura".

10. Um livro que te fez chorar 
Mas a chorar que nem uma desalmada com direito a ranho e tudo: Harry Potter and the Half-Blood Prince.

11. Um livro que te fez pensar 
Ora bem, não foi só um porque toda a colecção me deixou a pensar mas digo apenas então o primeiro livro: Delirium (da autora Lauren Oliver). Isto porque os livros se passam no futuro, onde consideram que o amor é uma doença. Então isso fez-me pensar, há muita gente, mesmo actualmente, que menospreza o sentimento em si (ou porque foram magoadas ou porque nunca amaram ninguém, não interessa), os cientistas enquadram-no como um balanço químico no nosso cérebro mas, a verdadeira questão é,  biopsicosocialmente como seríamos afectados se não houvesse amor? Como seria o mundo se não houvesse esse sentimento?
Gostaria de mencionar também o livro Angels and Demons (do autor Dan Brown) mas não escolhi porque não tinha como dizer o porquê de me ter deixado a pensar sem fazer spoilers, porque aquele final... Aquele final, minha gente! E não, não é o final do filme, obviamente porque no filme mudaram o final da história. Provavelmente, para não chocar os mais susceptíveis.

12. Um livro que te fez rir 
Recentemente, o livro Play (Stage Dive) lançou-me em verdadeiras gargalhadas enquanto estava a ler. Adorei o sentido de humor!

13. Pior adaptação cinematográfica de um livro 
Portanto, o cinema acaba por ser um pouco o inimigo de um Bookaholic porque é difícil haver uma boa adaptação cinematográfica de livros... Contudo, dou sempre este exemplo de uma muito má adaptação porque até hoje é a pior: Eragon (Inheritance Cycle).
Mataram personagens que não deviam matar, personagens completamente diferentes do que são descritas no livro e o fim do filme não está sequer no livro!
Mas os fãs desta colecção já lançaram uma petição online para que alguém fizesse algo de jeito, quem sabe uma série?

14. Livro(s) que vais ter que reler 
Vou ter que reler The Covenant. Mas como eu sei que me repito bastante, então digo que vou reler Renegade Angels, antes do próximo livro sair pois até hoje é a única colecção, sobre anjos, de jeito!

15. Um livro que te vez voltar uma página atrás devido ao choque 
Aquele verdadeiro sentimento de "mas eles fizeram o quê?!" aconteceu várias vezes ao ler The Covenant mas também em algumas partes de Hunger Games.

16. Um livro que aches que esteja incompleto 
Todos os livros da colecção Existence (da autora Abbi Glines) mas atenção, eu gostei destes livros só que achei que a autora tinha tanto por onde pegar e ficou-se por um pedacinho da história. Podia ter falado dos vários símbolos da Morte, a interpretação da mesma, a cultura gótica... tanta coisa! Mas se falou foi por alto e acho que se ela se tivesse debruçado no tema em condições, ficava uma colecção juvenil muito boa, fora do vulgar e deixava a pensar.

17. Um livro com um final inesperado 
Um livro com um final inesperado, para mim, provavelmente o final da trilogia Divergent (da autora Veronica Roth). Já falei com algumas pessoas sobre este final e para elas era bastante óbvio mas acho que para mim não era assim tão óbvio e então fiquei bastante surpreendida.

18. Um livro que terminou num cliffhanger 
O último disponível da colecção Elemental (da autora Brigid Kemmerer), o livro Sacrifice. Simplesmente pelo facto de que ninguém sabe se a história vai continuar ou se se fica por ali! Nós queremos saber o que acontece!!

19. Um livro com um final de arrancar cabelos
Um livro que me deixou um bocado à beira de um ataque de raiva, foi mesmo último livro da trilogia Gabriel's Inferno (do autor Sylvain Reynard). Já a colecção em si me deixava um bocadinho frustrada porque os livros eram quase perfeitos se tivessem melhores interacções com as personagens... Mas o final deixou-me, um bocado, a arrancar os cabelos e a perguntar: "E ela, hein? Ela não importa é? Então e ela?!"

20. Uma citação importante
Escolhi esta citação em latim porque é um verdadeiro mantra (e não só) na minha vida: Non omnis moriar (do autor Horace).

21. Uma música perfeita para ler
Todo o albúm Red Forest da banda If These Trees Could Talk é excelente para ler mas gosto especialmente desta música.




The End